CEO da Binance: 95% das altcoins não irão valorizar em próxima alta

CEO da Binance: 95% das altcoins não irão valorizar em próxima alta

Changpeng Zhao, CEO da Binance, usou o Twitter nesta semana para afirmar que mais de 90% das criptomoedas não verão seus preços subir no próximo ciclo de alta.

Explicando sua crença, Zhao sugeriu que, se um projeto existe há três anos e não tem muito para mostrar, provavelmente não verá seu preço subir nos próximos anos.

Enquanto isso, projetos que continuaram consistentemente em desenvolvimento “irão prosperar”.

“Nem todas as altcoins subirão durante a próxima altszn (Temporada das Altcoins). Se um projeto existe há 3 anos, mas não há muito para mostrar, então…

Algumas que promoveram constantemente o desenvolvimento prosperarão.”

Um usuário respondeu o CEO, sugerindo que, seguindo a sua lógica, 85% dos projetos de criptomoedas não iriam subir. Zhao respondeu o tuíte afirmando que era “mais para 95%”.

“Crypto Party: Isso é 85% dos projetos de criptomoedas.

CZ Binance: mais como 95%, criptomoedas ou não. Mesmo número para internet / social / ou até indústrias tradicionais.”

Altcoins e valorizações

Zhao fez os comentários após o preço da Dogecoin (DOGE) subir devido a um vídeo viral do TikTok, pedindo aos usuários que comprassem a criptomoeda.

O movimento parece um pump and dump liderado por influenciadores da rede social. O preço da criptomoeda já subiu mais de 70% desde o início da iniciativa.

Outras altcoins também estão subindo. A VeChain (VET) está em alta após o anúncio que o projeto participará da Conferência Mundial de Inteligência Artificial 2020, organizada pelo Governo Popular Municipal de Xangai.

Além disso, a conferência também contará com a presença de Microsoft, Alibaba, Tencent, Huawei e Amazon.

O token KNC da Kyber Network também aumentou mais de 650% este ano, graças a uma atualização chamada Katalyst.

A atualização permite que os detentores de tokens ganhem recompensas ETH ao fazer prova de participação de seus tokens.

E o Bitcoin?

Enquanto isso, o Bitcoin tem variado entre as marcas de R$ 45.000 e R$ 50.000 nos últimos meses, à medida que as altcoins continuam subindo.

Os analistas se referem a períodos como este como uma “temporada das altcoins”, quando elas superam o desempenho do BTC e reduzem sua dominância.

“Há pessoas que não acreditam que seja altseason (temporada das altcoins). Veja o DOGE. Veja o domínio do BTC. Tendência de 3 anos quebrada + Macro LH e LL pela primeira vez em mais de 900 dias. Olhe para o varejo em Robinhood e Tik Tok. Prepare-se. A segunda parte de 2017 está a caminho. Mais e mais interesse está chegando”

A última temporada das altcoins foi em 2017, quando o domínio do Bitcoin no espaço de criptomoedas caiu para 33%.

Desde então, ele se recuperou para 64%, já que a maioria das outras criptomoedas perdeu mais de 80%, enquanto o BTC caiu 52% da sua alta histórica – ocorrida em dezembro de 2017.

Leia também: Binance adiciona token DeFi que valorizou 230% em um mês

Leia também: Bloomberg revela que Bitcoin passará dos R$ 64.000 em pouco tempo

Leia também: Fundos de criptomoedas do Brasil superam Bitcoin com alta de até 85%

Forex Crypto News: Cripto Facil