Bitcoin pode atingir US$50 mil em 2020, diz CEO da Nexo

O Bitcoin pode “muito facilmente” atingir US$50.000 durante 2020, disse o CEO da Nexo, uma das primeiras empresas a oferecer linhas de crédito de criptomoedas do mundo, Antoni Trenchev em uma entrevista à Bloomberg nesta sexta-feira, 03 de janeiro, que também declarou que o crescimento de preço do Bitcoin desde o seu início era quase diferente de tudo o que já se viu.

“Tem sido um ativo incrível, sem correlação com o mercado em geral”, disse ele à reportagem.

Trenchev acrescentou que a jornada do Bitcoin para até US$20 mil era uma reminiscência da hiperinflação alemã após a Primeira Guerra Mundial.

“Ele fornece retornos assimétricos sistemáticos e a única coisa que vimos perto de algo assim foi o aumento do dólar dos EUA em relação ao marco alemão na década de 1920.”

Quando foi questionado sobre o quanto o BTC poderia subir este ano, Trenchev declarou que a principal criptomoeda do mercado deve chegar a US$50 mil. Segundo ele, vários fatores podem influenciar o preço do Bitcoin ao longo do ano, incluindo o halving, que reduzirá pela metade a recompensa da mineração do Bitcoin.

Interessante notar que em 03 de janeiro, o Bitcoin apresentou uma valorização considerável que, segundo analistas, estaria conectada com uma incerteza geopolítica frente ao ataque iniciado pela EUA no Iraque e que levou a morte um dos principais generais iranianos, com o Irã respondendo que “se vingará” sobre o atentado.

Leia também: Veja as notícias que mais impactaram o mercado brasileiro de criptoativos em 2019

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *