Bitcoin lança sua nova versão; saiba o que muda agora

Bitcoin lança sua nova versão; saiba o que muda agora

A nova versão do software Bitcoin Core (0.21.0) foi liberada na quinta-feira (14). O software foi planejado originalmente para 1 de dezembro de 2020, mas teve mais de 40 dias de atraso.

O Bitcoin Core 0.21.0 já está disponível para download e inclui uma série de mudanças. As principais delas são de privacidade, Taproot e do cálculo das taxas.

Endereços Tor

A primeira delas é que o Bitcoin agora suporta o formato de endereço mais recente do Tor. Trata-se do endereço V3 do navegador focado em privacidade.

Antes desta atualização, os endereços V3 do Tor não cabiam nos dados da mensagem que os nós Bitcoin compartilham para se conectar. A versão 0.21.0 elimina essa limitação.

O Core agora tem um novo método para transportar esses endereços para que os nós possam estabelecer conexões ponto a ponto através deles. Este é um acréscimo necessário, já que o endereço Tor V2 não estará mais funcional no próximo ano.

Taproot disponível para testes

A segunda mudança é talvez a mais relevante. O código do Taproot agora está ativo para testes. A nova atualização é bastante aguardada e ganhou a adesão dos mineradores no início do mês.

Com o Taproot, o Bitcoin poderá executar contratos inteligentes mais complexos usando assinaturas Schnorr. Além disso, as assinaturas darão às transações um grau maior de privacidade. A mudança é vista como a maior desde a implementação do Segrageted Witness (SegWit) em 2017.

O Taproot já está totalmente ativo no Bitcoin’s Signet, uma rede de testes para os desenvolvedores. Agora, eles também poderão testá-la na rede principal.

Configuração de taxas

Por fim, o Bitcoin Core finalmente trouxe a opção de configuração de taxa manual. A novidade permite que os usuários possam escolher pagar taxas menores pelas transações.

Assim como nas carteiras, quanto maior a taxa paga, maior a prioridade da transação. Antes, o Bitcoin Core dependia de um estimador de taxas para transações.

A forma de cálculo das taxas também mudará. Hoje, as taxas são definidas especificando um valor em Bitcoin (digamos, 0,00001 BTC) em vez de satoshis (1000 sats).

Com a atualização, as taxas poderão ser são denominadas em satoshis (a menor unidade do Bitcoin). Isso torna o cálculo muito mais fácil, especialmente para os usuários mais novos.

Leia também: Ações tokenizadas: saiba como investir na bolsa com criptomoedas

Leia também: Anthony Pompliano: bancos centrais e grandes corporações terão Bitcoin

Leia também: Fundo de Bitcoin da Grayscale cresce 872% em 2020

Forex Crypto News: Cripto Facil