Bitcoin faz maior fechamento histórico de preço na Binance

Bitcoin faz maior fechamento histórico de preço na Binance

Embora o Bitcoin (BTC) não tenha atingido sua máxima histórica em dólares, uma marca importante foi alcançada.

Conforme ressaltado por Felipe Escudero, do canal BitNada, o BTC fez seu maior fechamento histórico da Binance.

Na terça-feira (24), o criptoativo encerrou o dia cotado a US$ 19.160 no par com USDT. O maior fechamento anterior foi US$ 19.102, registrado em dezembro de 2017.

Maior fechamento histórico

É importante ressaltar que fechamento é o valor “ao fim do dia”. Apesar do mercado de criptoativos não possuir expediente, os preços das moedas digitais são marcados a cada 24 horas no padrão UTC.

Desta forma, bater o recorde de fechamento diário significa que o Bitcoin finalizou o dia com seu maior preço até hoje na Binance.

Abaixo, o gráfico mostra a proporção com o par em USDT:

Comparação entre os maiores fechamentos do BTC em 2017 e 2020
Comparação entre os maiores fechamentos do BTC em 2017 e 2020. Fonte: BitNada

Escudero ressalta ainda no vídeo, ao falar da tendência do Bitcoin, que ele está “se assemelhando ao mercado de ações”.

O trader e youtuber aponta que os movimentos do BTC são de altas seguidas de duras quedas.

Entretanto, o atual momento é de alta constante. Ele faz a comparação em seu vídeo, conforme exibido abaixo:

Diferenças de altas do BTC
Diferenças de altas do BTC. Fonte: BitNada

O anfitrião do canal BitNada ressaltou até mesmo que o gráfico está “bonito demais”:

“Isso aqui tá parecendo uma bonequinha de porcelana. Quem olha gráfico fala: ‘isso aqui tá uma delícia’. A gente tá acostumado a movimentos assim, ele sobe muito, cai e lateraliza.”

Contudo, um trader previu que uma resistência pode causar uma dura correção no BTC.

Corrigindo até os R$ 70 mil?

O trader conhecido como Altcoin Sherpa apontou em seu Twitter que o Bitcoin tem uma resistência em US$ 19.891,99.

Em reais, a resistência fica em torno dos R$ 105.825,38. Segundo Sherpa, uma falha em romper esta resistência pode causar uma queda do criptoativo.

Nesse cenário, o BTC conta com três linhas de suporte. O primeiro suporte se localiza em torno dos R$ 103.396,37, enquanto o segundo é formado em R$ 88.881,10 e o último em R$ 74.750,89.

Conforme ressaltado por Escudero, o gráfico está em uma alta que “causa medo”. Resta saber se o BTC terá impulso para atingir os US$ 20 mil, ou sucumbirá antes da máxima histórica.

Leia também: Bitcoin pode corrigir até R$ 74.600, alerta trader

Leia também: XRP sobe mais? Bank of America vira membro da RippleNet

Leia também: Alta das criptomoedas: traders dão dicas sobre o que fazer

Forex Crypto News: Cripto Facil