Bitcoin atinge US$ 7.100 e mercado de criptomoedas avança

Bitcoin atinge US$ 7.100 e mercado de criptomoedas avança

Depois de lutar a maior parte da semana para romper os US$ 7.000 novamente, o Bitcoin finalmente conseguiu adentrar a tão almejada zona, e agora está até mesmo conquistando ganhos dentro dela. A movimentação positiva da criptomoeda fez com que o restante do mercado também apresentasse valorizações nesta sexta-feira, 17 de abril, fazendo com que altcoins também rompessem marcas importantes de preço.

De acordo com dados obtidos pela ferramenta Coinmarketcap, o BTC valorizou 1,41% nas últimas 24 horas contadas da escrita desta matéria, atualmente cotado a US$ 7.103,17. A marca está próxima da máxima intradia de US$ 7.134,45 da criptomoeda dominante do mercado, que encerrou o dia 16 de abril acima dos US$ 7.000. Porém, o BTC apresentou uma rápida e acentuada desvalorização na quinta-feira, fazendo com que o criptoativo registrasse a mínima intradia de US$ 6.555,50. Seu volume de troca atual é de US$ 36,9 bilhões.

A Tezos foi a criptomoeda com maior valorização no top 10, saltando 6,74%. Bitcoin Cash, Binance Coin e Bitcoin SV também apresentaram movimentações positivas, com respectivos avanços de 2,39%, 2,23% e 1,85%. O restante do grupo exibiu ganhos entre 0,24% e 1,54%.

No top 20, quem se destacou com folga foi a Chainlink, com um avanço de 4,51%. Cardano e Monero também tiveram ganhos de, respectivamente, 2,89% e 1,28%. Os outros criptoativos do grupo exibiram quedas de 0,16% e 1,13%.

Até o fechamento deste artigo, o valor total do mercado de criptoativos era de US$ 203,8 bilhões, US$ 2,9 bilhões a mais em relação ao dia anterior. A dominância do BTC está em 64%.

Leia também: Famoso analista prevê Bitcoin a US$ 100 mil após o halving com teoria que já acertou antes

Leia também: Dono de famoso mercado da deep web prevê Bitcoin a US$ 1.200

Leia também: FBI alerta para aumento de esquemas usando criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil