Banco Central da Coreia do Sul contratará especialista em criptoativos

O Banco da Coreia, banco central da Coreia do Sul, está buscando um especialista em criptoativos com nível PhD para liderar seu departamento de pesquisa focado em inovação digital.

De acordo com o Decrypt, o Banco da Coreia afirmou que o especialista focará na pesquisa sobre a viabilidade de um sistema de pagamento baseado em blockchain. O departamento como um todo explorará diversas formas para estruturar e operar uma plataforma blockchain para processar transações.

Relatos locais especulam que o Banco da Coreia pode estar avaliando a praticidade de uma criptomoeda lastreada pelo banco central, que diversos países como a China estão desenvolvendo.

Porém, o Banco da Coreia forneceu uma declaração cautelosa sobre tais relatos, afirmando que ele está se adaptando às tendências modernas e que ainda acredita que uma criptomoeda lastreada por um banco central não será necessária no futuro próximo. Um pesquisador da instituição bancária afirmou:

“Não há mudança quanto à nossa posição de que não será necessária uma criptomoeda lastreada pelo banco digital por enquanto. Essa posição não se dá somente sobre a emissão de uma moeda digital.”

A criação de uma equipe composta por especialistas em criptomoedas também segue uma tendência da indústria criada por bancos comerciais, que ativamente estão desenvolvendo aplicações relacionadas à blockchain.

O segundo maior banco comercial da Coreia do Sul, o Shinhan, tem trabalhando no desenvolvimento de uma carteira para criptomoedas. Ele também é um dos dois maiores bancos a proativamente apoiar o mercado de criptomoedas.

A Coreia do Sul já estabeleceu a tecnologia blockchain como um dos principais pilares para a quarta revolução industrial. O governo publicou anunciou diversas iniciativas relacionadas à blockchain para encorajar jovens talentos a adentrarem o setor durante os próximos anos.

Leia também: Coreia do Sul planeja taxar ganhos de capital com criptomoedas

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *