Banco Central da China pode acelerar implementação de criptomoeda própria em 2020

A reunião anual de 2020 do Banco Central da China (PBoC), realizada em Pequim no dias 02 e 03 de janeiro, analisou a atual situação econômico-financeira do país e definiu as metas para este ano, entre elas que a implementação de uma Moeda Digital do Banco Central (CBDC) deve ser acelerada.

“A pesquisa e o desenvolvimento da moeda digital fiduciária estão indo bem e devemos continuar desenvolvendo, aceleradamente, a CBDC”, teria declarado o PBoC, segundo informações da mídia chinesa.

A reunião também tomou providências específicas para o gerenciamento macroprudencial. Assinalou que deveria ser estabelecido um sistema macroprudencial de teste de estresse para acelerar o estabelecimento de um mecanismo de gestão macroprudencial para fluxos de capitais transfronteiriços que integre moedas locais e estrangeiras. Também organizará e implementará a avaliação de bancos sistemicamente importantes e promoverá a promulgação das medidas de supervisão e gestão para as companhias financeiras.

Sobre a CBDC, em 28 de novembro, Fan Yifei, vice-governador do Banco Popular da China, disse no “oitavo Fórum de Pagamentos e Liquidação da China” que o banco central concluiu basicamente o projeto de nível superior, a definição de padrões, a pesquisa e desenvolvimento de funções, os testes integrados relacionados à sua moeda digital, que vem sendo chamada de DCEP.

No início de outubro, um oficial do grupo de reflexão do governo chinês disse que o banco central da China deve emitir sua criptomoeda antes que o Facebook e apontou que o PBoC implementará uma rede de testes até o primeiro trimestre na cidade de Shenzhen, capital tecnológica da China.

Leia também: China aprova lei sobre senhas criptografadas e abre caminho para sua criptomoeda

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *