Atlas Quantum anuncia uso para BTCQ e mudanças em seu robô Phoenix

Atlas Quantum anuncia uso para BTCQ e mudanças em seu robô Phoenix

Conforme recentemente relatado pelo CriptoFácil, a Atlas Quantum publicou em seu Facebook sobre o mercado de Bitcoin Quantum (ou BTCQ) estar “aquecido” na exchange da empresa.

De acordo com um e-mail enviado aos investidores da empresa nesta segunda-feira, 13 de abril, um caso de uso para o BTCQ e mudanças no robô Phoenix foram anunciadas. O BTCQ poderá ser usado para pagar as taxas do Phoenix, que agora contará com uma estratégia agressiva e, de acordo com a Atlas, terá outras funcionalidades no futuro.

Caso de uso para o “BitAtlas”

Os investidores da Atlas não ficaram felizes após o anúncio do BTCQ, que é um token ERC20 que corresponde ao saldo de Bitcoin de seus clientes migrados da primeira plataforma. Muitos afirmaram que depositaram BTC, e só aceitariam de volta o criptoativo dominante do mercado, não um token com suposta paridade.

Em resposta, a Atlas agora parece estar desenvolvendo casos de uso para o seu token BTCQ, anteriormente apelidado por alguns de seus clientes como “BitAtlas”.  O primeiro “caso de uso” anunciado foi a possibilidade de pagamento da taxa do robô, sendo ela 0,1 BTC, por meio de BTCQ. Como o anúncio menciona “taxas”, não é possível saber se o aluguel do robô – 50% do lucro auferido por meio das operações – também poderá ser pago com o token ERC20.

Sobre as novas funcionalidades do Phoenix, além da estratégia agressiva – que já está disponível na plataforma -, o anúncio feito pela Atlas afirma que no futuro será possível incluir stop gain e horários de funcionamento para o robô.

Abaixo, é possível conferir a mensagem enviada pela Atlas ao seus investidores na integralidade:

“Caros clientes,

Inserimos dentro do Phoenix, algumas novidades, que darão maior autonomia aos usuários da nossa plataforma.

A partir de agora, você pode escolher entre a estratégia conservadora e a agressiva, basta entrar na sua conta Phoenix e alterar na caixa de seleção strategy e após isso, parar e iniciar o robô novamente.

A estratégia agressiva é recomendada para mercados mais lateralizados ou consolidados.

A estratégia conservadora é recomendada para mercados mais voláteis.

Nos próximos dias estaremos integrando mais opções para você escolher o funcionamento do seu robô de acordo com o seu perfil(stop gain, horários de funcionamento etc), além de integrar o uso do BTCQ para pagamentos das taxas.

Equipe Project Phoenix (sic)”

Pronto para nova estratégia?

A nova estratégia, conforme informa o comunicado da Atlas, é recomendada para “mercados mais lateralizados ou consolidados”. Porém, nem mesmo a estratégia conservadora impediu que clientes tivessem duros prejuízos.

Na infame e recente queda abrupta ocorrida no dia 12 de março, a empresa aconselhou menos de 24 horas antes que os usuários do Phoenix aumentassem a banca, fazendo com que as perdas fossem aumentadas para alguns deles quando diversas liquidações ocorreram.

De acordo com relatos de um grupo de investidores, também ocorreram perdas no dia 03 de abril, após o Phoenix apresentar um bug que deixou diversas ordens em aberto. Aqueles que não se atentaram e fecharam as ordens manualmente, tiveram perdas de até dois dígitos em suas bancas. Conforme confirmado por um dos investidores ao CriptoFácil, no evento do dia 03 de abril não houve nenhuma liquidação total, mas houveram “perdas significativas”.

Tendo em vista a ocorrência de dois episódios que geraram perdas aos usuários em menos de um mês, a eficiência da nova estratégia – que é intitulada agressiva – já é posta em cheque logo em seu lançamento.

Leia também: Atlas Quantum é obrigada a devolver mais de 6 BTC de investidores

Leia também: Atlas Quantum terá que pagar mais de R$ 375 mil a investidor

Leia também: Bitcoin ficando novamente fora dos US$ 7.000 após cair 2%

Forex Crypto News: Cripto Facil