Após pedido do presidente, China adota blockchain para identificação de smart cities

Após o presidente da China Xi Jinping declarar que a nação precisa acelerar o desenvolvimento de aplicações em blockchain, o país anunciou o desenvolvimento de um sistema de identificação baseado na tecnologia e voltado para uma infraestrutura de cidades inteligentes (smart cities), conforme declarou o jornal chinês Global Times, que informou que o sistema de identificação, recentemente desenvolvido, foi lançado em conjunto por três institutos na cidade de Shijiazhuang.

Segundo a publicação, o sistema de identificação baseado em blockchain atribuirá um ID digital global exclusivo às cidades inteligentes chinesas, com o objetivo de melhorar a conectividade e o compartilhamento de dados entre essas cidades. O sistema também já estaria em funcionamento e de acordo com Zhang Chao, diretor do Instituto de Pesquisa em Indústria e Informação de Zhongguancun, seria seguro contra ataques hacker.

“O sistema será distribuído e gerenciado de forma independente pela China, com uma regra de distribuição unificada, uma resolução de armazenamento distribuído e código resistente a violações.”

Além de registrar os dados de seus cidadãos, o código de identificação pode realizar conectividade e compartilhamento de dados entre as cidades.

“Não havia código unificado para indústrias e departamentos no rápido desenvolvimento atual da Internet e da tecnologia da informação emergente, causando problemas de interoperabilidade de dados e incompatibilidade de aplicativos”, disse He Kejia, vice-presidente da Sociedade Chinesa de Pesquisa em Desenvolvimento Urbano.

Leia também: Cofundador da Libra diz que proibição da criptomoeda pelos EUA seria uma vitória para a China

Forex Crypto News: Cripto Facil