90% de todas as carteiras de Ethereum registram prejuízo

O preço do Ethereum (ETH) caiu significativamente em relação aos recordes já atingidos e a maioria de seus investidores está perdendo dinheiro com as criptomoedas.

A segunda maior criptomoeda do mercado, que alimenta a blockchain do Ethereum, está atualmente sendo negociada a US$129, conforme mostram dados da ferramenta Coinmarketcap, representando uma queda de 90% em relação à alta histórica de US$1.431 alcançada no início de janeiro de 2018, de acordo com o índice de preços da Coindesk.

O implacável deslize de preço levou 90% ou 31,31 milhões de endereços de Ether a ficar com menos dinheiro (out of money, no termo em inglês), de acordo com a empresa de inteligência de blockchain IntoTheBlock.

Diz-se que um endereço está “out of money” se o preço atual do Ether for menor que o preço médio pelo qual as criptomoedas foram adquiridas ou enviadas para um endereço, ou seja, quando o investidor começa a ter prejuízo com o investimento.

Assim, os 31,31 milhões de endereços de Ether adquiriram criptomoedas a um preço médio superior ao valor atual do Ether em US$129.

Uma grande parte dos endereços out of money comprou criptomoedas na faixa de US$211 a US$530. Notavelmente, o maior cluster, com cerca de 4,77 milhões de endereços, tem um custo médio de US$262 a US$352.

Cerca de 3,58 milhões de endereços compraram criptomoedas na faixa de US$745 a US$1.340. Desde que foi lançado, o Ether já foi negociado acima de US$747, apenas por seis meses, desde a subida meteórica de outubro a dezembro de 2017, até sua queda de preço no primeiro trimestre de 2018.

Enquanto isso, apenas 8% ou 2,79 milhões de endereços estão “in-the-money” – ou seja, o custo de aquisição ainda é menor que o preço atual do Ether – e 1,78% de endereços estão “at-the-money”, com um preço médio de compra quase igual ao preço atual.

A maioria dos endereços in-the-money adquiriu criptomoedas no intervalo de US$0 a US $ 130, enquanto 4.120 endereços têm um custo médio de US$0. Podem ser os primeiros compradores que compraram Ether no período entre agosto e dezembro de 2015, quando a criptomoeda estava sendo negociada por centavos.

Embora o número de endereços in-the-money seja pequeno, o volume de Ether que esses endereços estão mantendo é bastante significativo.

Apenas 8% dos endereços estão in the money, mas esses detêm 31,24% do Ether total de todos os endereços. Isso equivale a 34,05 milhões de Ether (US$4,5 bilhões). Esses investidores já viram seus lucros massivos evaporarem nos últimos 23 meses e podem descarregar suas participações se os preços encontrarem aceitação abaixo de US$100, aumentando as pressões de baixa em torno da criptomoeda.

Endereços out of money estão com 73,13 milhões de Ether. Grupos de endereços com um preço médio na faixa de US$144 a US$170, US$212 a US$262 ou US$262 a US$352 estão com um total de 36,24 milhões de Ether.

Leia também: Startup cria contratos físicos e virtuais simultaneamente usando Ethereum

Forex Crypto News: Cripto Facil

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *