7 criptomoedas vão explodir em 2021, indica analista

7 criptomoedas vai explodir em 2021, indica analista

O trader e especialista em criptomoedas do Altcoin Daily, Austin Arnold, listou sete criptomoedas que, em sua opinião, explodirão em 2021.

Em um vídeo recente, ele disse a seus mais de 470 mil seguidores que, Ethereum, The Graph e outros criptoativos precisam estar no radar dos investidores.

Criptomoedas prestes a explodir

A primeira criptomoeda da lista de Arnold é o Ethereum. Conforme observou o analista, os investidores estão acumulando ETH, mas fora das exchanges.

Usando dados da empresa de análise Glassnode, ele observou que o saldo de ETH nas exchanges atingiu a mínima de 16 meses de 15.101.171.806 ETH. Isso porque, segundo ele, não há motivos para manter as ETH nas exchanges.

Glassnode
Fonte: Glassnode/Twitter

“O quadro geral aqui é que o Ethereum é uma das melhores criptomoedas deste ciclo com certeza”, destacou Arnold.

Para sustentar sua tese, o analista apresentou algumas notícias recentes envolvendo o Ethereum. Uma delas foi a notícia de que a Coinbase abriu uma lista de espera para recompensas de staking do Ethereum 2.0 com 7,5% de taxa de juros anual.

Já o segundo criptoativo da lista de Arnold é o The Graph (GRT). Ele explicou que o GRT é um token padrão ERC-20 que alimenta a plataforma The Graph. A plataforma, por sua vez, funciona como um buscador de transação no Ethereum.

Arnold explicou que está otimista com o projeto principalmente porque sua equipe está explorando a integração de oito blockchains adicionais de Layer-1, incluindo Bitcoin, Polkadot, Near Protocol, Cosmos e Solana.

Portanto, segundo ele, “The Graph está virando notícia”.

Em seguida, o analista destacou Polkadot. Segundo ele, o projeto pode crescer neste ano principalmente por causa do lançamento recente de seu Roadmap de atualizações.

“Portanto, eu estou otimista com Polkadot”, resumiu.

O terceiro criptoativo citado por Arnold foi o Pancakeswap que agora é uma das principais exchanges descentralizadas (DEX).

“Eles estão se diferenciando em produtos mais novos como um serviço de loteria e uma plataforma de Tokens Não Fungíveis”, disse ele. “Então, eu acho que isso é otimista para Binance. Acho que isso é otimista para o token de governança e para a Pancakeswap.”

Uniswap, Filecoin e Celsius

Já a quinta criptomoeda de Arnold foi a Uniswap (UNI) que, atualmente, possui US$ 100 bilhões em volume acumulado. 

“Então, Uniswap, apesar das altas taxas do Ethereum, continua a ver as pessoas reunindo-se em torno dele.”

A sexta escolha de Arnold é a Filecoin. Agora, como observou, a criptomoeda expandiu sua capacidade global para 2,5 bilhões de gigabytes.

“A rede Filecoin continua a crescer”, enfatizou. “Então, novamente eu digo que Filecoin é uma criptomoeda quente e este ciclo é quente (…). Mas Filecoin ainda não bombou, [por isso] eu quero colocá-la no seu radar.”

Por fim, a última da lista é a Celsius que, recentemente, pagou US$ 250 milhões em recompensas.

“Então, Celsius é uma opção. As pessoas comentam sobre ele o tempo todo”, concluiu.

Leia também: Bitcoin se prepara para seguir em alta enquanto ouro cai 9%

Leia também: Mastercard lança cartão com suporte para moeda digital de banco

Leia também: Elon Musk faz outra criptomoeda disparar 1.000% ao falar de Marte

Forex Crypto News: Cripto Facil